Joyce K. S. Souza

Belo Horizonte (Brasil), 1984

 

 

      

Atualmente cursa o Bacharelado em Direito na FEAD (Belo Horizonte, Brasil). Publicou o ensaio jusfilosófico A desobediência civil no pensamento do Marquês de Sade na “Phronesis – Revista do Curso de Direito da FEAD” nº 4 (2009) e, em co-autoria com Imíramis Fernandes da Cruz, o livro de poemas Tessitura (2007). Seus poemas se caracterizam por um lirismo direto e honesto, que enxerga – e sente – as dores e os encantos do quotidiano. Todavia, trata-se de uma poesia sempre em revolta contra a mediocridade do mundo, afinando-se aos ritmos universais das Artes e da Filosofia. Os escritores preferidos de Joyce Souza são o Marquês de Sade, Baudelaire, Rimbaud, De Quincey, Lou Salomé, Borges e Jim Morrison. Entre os de língua portuguesa, prefere Drummond, Pessoa e Hilst. Na Filosofia é decididamente contemporânea – Nietzsche, Foucaut, Deleuze & Cia. – mas está aberta para conversas pré-socráticas. Apresentamos abaixo uma seleção de dez seus poemas ainda inéditos em livro.

     

 

Leer Poemas

Joyce K. S. Souza agradece cualquier comentario acerca de sus poemas:

joyjoyteo@gmail.com

http://www.joylisergica.blogspot.com/